Boleto Bancário, novamente uma ameaça.


Já faz algum tempo que falamos sobre isso, e novamente voltamos ao assunto pois temos visto cada vez mais novas notícias de que pessoas estão sendo enganadas e roubadas quando estão tentando fazer o pagamento de seus boletos.

Depois de pagamento por cartão de crédito, brasileiro adora um dinheiro de plástico, o pagamento por boleto bancário é o segundo meio de pagamento mais utilizado no mercado nacional, por essa característica vem novamente sendo alvo de fraudes.

Neste artigo, vamos tentar colocar algumas dicas que podem ajudar os leitores a não serem enganados quando forrem pagar suas contas por meio de boletos.

A primeira dia já esta se tornando até uma coisa chata de falar mas é a realidade. Manter um software de antivírus atualizado pode ser a diferença entre você pagar a sua conta de forma correta ou perder dinheiro enviando o valor a ser paga para uma conta de um bandido.

Esta dica é importante porque a forma mais prática e usada para que os bandidos tomem controle sobre a máquina do usuário é por meio do envio de vírus, por isso é importante a manutenção correta desta ferramenta.

A segunda e a terceira dicas é observar com muito cuidado os dados que estão impressos no boleto. Em nosso outro artigo mostramos o que observar no boleto, lembrar que no boleto deve vir a informação, o código, do banco e este código deve ser igual ao mostrado em alguns campos do boleto. Nas imagens abaixo mostramos dois campos o [1] é o código do banco, que deve coincidir com a logomarca do banco impresso no boleto, e o campo número [2] que representa os números da agência e cedente. Neste modelo vamos usar o exemplo dos boletos fornecidos pela Unimed do CEARÁ, e aproveitando, entre em contato ou acesse o site dos seus credores para identificar estas informações, muitas empresas já estão enviando a seus clientes ou mesmo deixando disponível no site informações de como é o seu boleto, busque isso.


Outro exemplo é dos boletos, também da UNIMED para o banco Santander. Caso tenha dúvida quanto aos códigos dos bancos, pode acessar o site da FEBRABAN, onde estão disponíveis os códigos dos bancos.


Outro ponto a ser observado é que nos boletos adulterados é que o código de barras apresenta um espaço que causa um problema na leitura, obrigando a digitação do código presente no boleto. Este é outro ponto a ser muito observado pois este golpe só funciona se o usuário digitar o código do boleto. Como mostrado na imagem abaixo, veja se seu boleto esta com o código de barras montado de forma correta.


A quarta dica é para você comparar o seu boleto, que você esta tentando pagar com um boleto já pago, observe se há alguma mudança ou se o boleto permanece com as mesmas informações do boleto anterior, caso tenha alguma coisa diferente entre em contato com o seu credor e informe o ocorrido, solicite outra forma de receber o boleto ou mesmo de realizar o pagamento.

A quinta dica é sempre usar computadores que voei mantenha o controle e ou seja conhecido seu. Além disso, tenha certeza de quê este computador deve estar com todas as medidas de segurança aplicadas. O ideal é que você tenha um computador reservado para isso, quando possível.

A sexta e última é uma dica repetitiva mas muito válida. Desconfie de emails que você recebe e que por algum motivo apresentam inconsistências ou mesmo que não deveriam ser enviados. Tendo dúvida sobre o email, entre em contato com o remetente.

Só para fechar, tenha bom senso !!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostaria de saber a sua opinião.