TMI Too Much Information - Você fornece muita informação pessoal ?



Atualmente vivemos uma era onde deixamos de lado a forca bruta para sermos detentores de informações, e aqueles que mais tem informações são os mais poderosos dentro de um cenário de disputas, não a toa vemos cada vez mais surgirem notícias de empresas, Governos e muitos outros buscando desenvolver meios e ferramentas que possa capturar e analisar o máximo de informações sobre pessoas, empresas e Países.

É indiscutível que hoje somos uma sociedade totalmente conectada, buscamos cada vez mais as facilidades da tecnologia, muitas vezes sem nos preocuparmos com o preço que vamos pagar por esta tamanha dependência. Gostamos das ferramentas que nos mostram produtos novos, aquele que estamos buscando para comprar, ou ainda, aquele que somos induzidos a comprar por uma estranha necessidade criada por estas indicações que muitas vezes nem temos a idéia como chegou. Apesar de tudo isso, sempre nos aborrecemos com informações de vazamento de informações pessoais ou ainda quando recebemos mensagens solicitando a inclusão de alguma informação sem sabermos de onde estas informações sobre nomes, endereços e emails saem.

Pensando nessas mensagens e tentativas de roubar nossas informações, sempre nos perguntamos "como estes caras conseguem as minhas informações ?". Mas, será que é mesmo tão difícil conseguirmos informações sobre outras pessoas ? Para os mais desavisados, não, não é tão difícil assim montarmos um dossiê sobre uma pessoa, principalmente se esta pessoa for uma pessoa fortemente presente em redes sociais.

Com a quantidade de informações disponíveis na Internet, não é preciso ter muito esforço para achar muitas informações sobre qualquer pessoa, desde que ela compartilhe, ou seja a maioria. 

Se procurarmos buscar o que nós disponibilizamos de informações nos mais diversos serviços de compartilhamento de informações sociais como o Facebook, Google+, Twitter, Instagram, Foursquare e muitas outras ficaremos espantados com a quantidade de informações pessoais disponíveis de forma gratuita. De acordo com o Consumer Report, 52% dos usuários de redes sociais compartilham tanta informação que as torna ainda mais um alvo de possíveis roubo de informações ou até mesmo roubo de identidade.

Para reforçar ainda mais as informações, 78% dos bandidos capturados afirmaram que a grande maioria das informações veio de redes sociais como o Facebook, twitter ou linkedin, entre outras. Ainda, 1 em cada 3 empregadores rejeita aplicativos que são enviados por posts do Facebook, o que não deveria nem ser aceito.

Vamos a algumas recomendações sobre como se proteger destes riscos.

Primeiro e mais básico, evite ao máximo disponibilizar informações pessoais em sites de redes sociais. Isso parece bem óbvio mas infelizmente é o mais comum de ser visto. Evite colocar informações sobre sua casa, viagens, contatos, parentes, filhos, telefone e todo tipo de informação que possa ajudar no levantamento de informações. Se tudo isso for difícil de fazer, veja como criar filtro nas redes sociais e compartilhe informações somente com pessoas que você conhece e confia, não garante que não vá ser usada por alguém que não deve mas que vai ficar um pouco mais difícil de ter as informações, e claro como qualquer bandido, os ladrões vão em busca de quem tem informações mais fáceis.

Segundo, tenha o hábito de trocar as suas senhas regularmente, isso pode dificultar no caso de alguém ter acesso à sua senha.

Terceiro, tenha cuidado no uso de seus aparelhos em rede wifi que você não conhece. Quando for usar em redes de café ou bares, tenha cuidado em ter instalado em seus equipamentos aplicativos de forneçam serviços de VPN, este tipo de  programa permite a troca de informações com a Internet de forma criptografada, o que não permite a "leitura" das suas informações por pessoas indevidas em redes de wifi desconhecidas, isso também vale para os "esperto" que sempre gostas de usar as rede de wifi de vizinhos.

Quarta dica, quando for tirar suas fotos, lembre-se de desligar o uso do GPS como funcionalidade de sua câmera fotográfica, lembre-se as informações de sua localização estão indo junto com suas fotos, o que podem muito bem mostrar onde você mora, trabalha, seus filhos estudam e muito mais.

Quinta, quando de férias, pense em somente compartilhar suas fotos quando você já estiver de volta, não mostre a todos que você não esta em sua casa ou mesmo no seu País.

Sexta e não menos importante. Lembre-se a INTERNET É PARA SEMPRE !!!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostaria de saber a sua opinião.